Mostrando postagens com marcador Foto. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Foto. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 4 de maio de 2010

Tivemos estreia hoje. Depois de muitas complicações (acreditem, nossa caixa quebrou na hora de ser montada e teve que ser refeita na pressa), ocorreu tudo bem na apresentação. Agora é só alegria. Estamos esperando todos lá! Quando você vai?

Público da estreia de Espaço Outro


Praça Santos Andrade: de 4 a 15 de maio.
Praça Rui Barbosa: de 18 a 29 de maio.
De terça a sábado, às 16h30.
Entrada Franca.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Espaço Outro e o Público

A tentativa neste projeto é de, através da infiltração no espaço público, estabelecer um discurso no qual a exibição artística se mescle à vivência cotidiana permitindo um contato mais íntimo do artista com os cidadãos.Sua estrutura permite o alcance quantitativo de público, pois este é tanto os que se encontram na caixa, quanto os que estão em todo o quarteirão. Além deste fator, sua linguagem contemporânea importa-se em ser atraente à apreciação da platéia, seja ela qual for.A rua como espaço artístico, por si só, já é democrática, mas no caso deste projeto, esta característica é ainda mais forte. “Espaço Outro” leva ao espaço público um trabalho de linguagem contemporânea, com uma composição constituída por diferentes camadas as quais cada espectador, de acordo com suas referências de vida e a arte, pode aproveitar a sua maneira. As histórias, a instalação da caixa, as intervenções na rua, as estéticas de cada uma das cinco partes, a brincadeira de onisciência, permitem às pessoas se interessem por diferentes possibilidades de relação com esta obra.


As criadoras na pra Rui Barbosa. Da esquerda para a direita Emanuelle Sotoski, Ana Ferreira e Rubia Romani.
Foto: Cleydson Nascimento.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Momentos dos ensaios


Finalmente, estamos com a autorização da prefeitura em mãos. Quase tudo pronto.
Aí vai uma pouquinhos dos nossos ensaios. Cuidamos pra mostrar só um pouquinho...








quinta-feira, 8 de abril de 2010

Levantando o acampamento

A peça está sendo levantada. Temos passado o dia nas praças. Quem quiser nos encontrar, basta tentar uma delas, Santos Andrade ou Rui Barbosa.Os ensaios estão sendo separados por núcleos por enquanto. O primeiro ensaio coletivo será neste sábado a tarde.
Já deu pra ter alguma noção do que vai acontecer. Realmente, nosso texto subjetivo pode confundir as pessoas e elas não saberem para onde olhar, o que procurar. Mas o código de figurino é bastante forte, tanto como símbolo, quanto para ajudar nesta identificação.
As ações também são bem fortes visualmente, mesmo as pequenas. De resto, é ver como cada indivíduo se relaciona com tudo isso.
Paralelamente, estamos agilizando a produção. As coisas estão meio atrasadas, mas nada preocupante. Tudo tem dado muito certo.

domingo, 28 de março de 2010

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Celebridades no mundo das fadas

A Disney continua a fotografar celebridades como personagens de contos de fadas. Esta abaixo é a atriz Juliane Moore, que com seus belos cabelos ruivos ficou perfeita como a Pequena Sereia (clique na foto para aumentar).

O belo casal de High School Musical, Zac Efron e Vanessa Hudgens reproduzem a cena do desenho animado da Disney, A Bela Adormecida, como o Príncipe Philip e a Princesa Aurora.
Eles foram fotografados pela expert Annie Leibovitz para a edição 23 da revista da Disney.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

A fotógrafa canadense Dina Goldstein resolveu mostrar ao mundo como estariam as princesas de contos de fadas nos dias de hoje. Bem diferente do que costumamos escutar no final das histórias, elas não tiveram um final tão “feliz para sempre”.

A Pequena Sereia
Rapunzel

Jade

Cinderella

Chapeuzinho Vermelho

Branca de Neve

Bela

Bela Adormecida


segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Hora da Propaganda

“A história sempre se repete. Todo Chapeuzinho Vermelho que se preze, um belo dia, coloca o lobo mau na coleira”.


“Era uma vez uma garota branca como a neve, que causava muita inveja não por ter conhecido sete anões. Mas vários morenos de 1,80 m”.


“Gabriela vivia sonhando com seu príncipe encantado. Mas, depois que e la passou a usar O Boticário, foram os príncipes que perderam o sono”.


“Um belo dia, uma linda donzela usou O Boticário. Depois disso, o dragão que ela tanto temia ficou mansinho, mansinho e nunca mais saiu de perto dela”.



Alice no Pais das Maravilhas: novo filme de Tim Burton.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Especial Charles Perrault

Para comemorar os mais de "300 anos da morte” do escritor francês Charles Perroult, que tanto contribuiu enriquecendo a literatura infantil mundial, ousadas releituras de alguns de seus mais famosos contos, e também peças inspiradas em outros autores que escreveram para crianças, encontram-se expostas no site do fotógrafo francês Gerard Rancinan.São composições mórbidas e impactantes que mostram figuras queridas como “Cinderela”,A Bela Adormecida”, “O Gato de Botas”, “Chapeuzinho Vermelho” e até mesmo o temível “Barba Azul”, observados por uma ótica distante da suavidade eternizada pelos estúdios Disney.


Esta é uma vingativa versão da história da menina dos sapatinhos de cristal, que é constantemente maltratada pelas irmãs postiças. O corvo desta vez, não está do lado da artista Arielle Dombasle, aqui como Cinderela também de Charles Perrault, mas sim, de uma caveira que remete a inveja e apresenta-se travestida com restos de trapos velhos. Os pássaros elevam o lado negro da história, deixando apenas uma abóbora caída ao lado do “calçado da discórdia” e da doce donzela seminua que se apresenta recoberta sob plásticos funerários.

Nesta cena, Cissé Djibril, jogador de futebol e um dos maiores goleadores da Liga francesa desse esporte, foi clicado pelas lentes de Gerard Rancinan representando “O Gato de Botas”, de Perrault. As pernas, já sem vida que evidenciavam os acessórios de maior visibilidade do personagem felino, agora se limita a ornamentar uma indesejável cadeira de rodas. Caveiras e ratos completam o clima de extinção que pune mais essa cria do lendário escritor francês.
Em seu distante sono mortal, a “Bela Adormecida”, dos irmãos Grimm, simulada aqui pela modelo francesa Estelle Lefébure é contemplada pela caveira de seu eterno Príncipe amado. Que apesar do dolorido passar dos tempos, lhe mantém fidelidade e continua a observá-la por toda a eternidade.

O bailarino, tambérm francês, Emmanuel Tibault dá adeus à inocência e também a vida de Chapeuzinho Vermelho, dos irmãos Grimm. A boneca caída próxima à grade e ao lençol ensangüentado remete a pureza da jovem, e mostra também o tardio rito de passagem, o balé de uma pré-adolescente que fora covardemente ludibriada pelo lendário lobo mau.

O perverso Barba Azul, de Charles Perrault que tinha como passatempo decaptar suas inúmeras esposas, aparece nesta cena na pele de Joey Stars que dispõem sua própria cabeça sobre uma futura fogueira de ossos. Um terrível castigo por suas insanas ações percebidas nos Contos infantis.

Botões