terça-feira, 7 de julho de 2009

CENA II - SOBRE O QUE NÃO VEMOS

Um peixe. Um peixe num aquário. Um aquário com vários peixes. Uma medusa talvez. Várias medusas. Um barquinho que enfeita o aquário. Um chafariz com água suja. Plantinhas. Erosão. Ruas que são correntes. Água corrente. Aquários. Era de aquário. Uma corrente. Rente ao vidro. Inerente ao verso. Submerso. Ruas que são correntes. Peixes nas ruas que são correntes. No aquário. Nadam. Um deles. Nada. Um aquário. Nada. Um aquário. Nada. Uma corrente. Nada. Uma rua. Nua. Nada. Um espaço. Nada. NADO.

Botões