sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Nunca quero ordenar e desenrolar nada, quando me desperta uma vontade não há tempo, a musica acaba, você se vai e eu fico desenrolando os fios, procurando os nós... Mas não dá tempo, tem fios que são compridos, outros o nó é grande demais... já percebi que não sou boa nisso, mesmo que eu tente ordená-los, eles nunca ficam como vieram do fabricante.

Não sou boa em nós, muito menos em desembaraçá-los
Não sou boa em fios, muito menos em ordená-los

Sem embaraço, não desembaraço
No balanço do meu braço
No colo do seu abraço

Djavan


Rubia

Botões