terça-feira, 29 de setembro de 2009

Rammstein - Sonne


No clipe da música Sonne, da banda alemã Rammstein, temos uma releitura audaciosa da Branca de Neve. É como se a menina tivesse se tornado a epítome da Madrasta, em todos os sentidos: mais manipuladora, mais egoísta, mais perversa, mais egocêntrica, mais sexy… mais bela(?)!
Numa entrevista dada a uma revista alemã, os integrantes do Rammstein explicaram a origem do clipe. Segundo eles, a idéia para o clipe surgiu quando eles estavam discutindo sobre o que deveriam filmar. Um dos guitarristas da banda estava com um livro de contos de fada no qual havia o conto da Branca de Neve. Segundo ele, no livro a princesa era descrita como o “sol” da vida dos anões. Daí veio a idéia para o clipe, já que Sonne é sol em alemão.
Mas, é claro que a versão da Branca de Neve do Rammstein não poderia ser tão “pura” quanto a versão de Walt Disney, por exemplo. Afinal, o Rammstein é reconhecido por seus clipes “pertubadores”! Em seus clipes, a banda tem uma predileção por temas associados ao sexo, à violência e à crueza da vida, tudo isso sem qualquer glamour. Portanto, é bem aceitável que a Branca de Neve num clipe do Rammstein seja uma dominatrix viciada, e que os anões sejam trabalhadores rústicos e sujos.
Os integrantes do Rammstein também falaram na entrevista que a inspiração para as imagens do clipe veio de uma antiga série da TV alemã. Essa série, que passava quando eles eram crianças, apresentava versões dos contos de fada utilizando recursos teatrais como a iluminação típica dos palcos teatrais e o uso de bonecos e objetos em escala para dar a sensação de gigantismo e/ou nanismo. A cena dos integrantes da banda (caracterizados como anões) em volta da Branca de Neve sentada, utiliza o recurso do boneco articulado. Nessa cena, a Branca de Neve é uma boneca com mãos mecânicas. O recurso do cenário em escala também é usado na ambientação da casa dos anões e nas cenas em que aparece o caixão da Branca de Neve. Nessas situações, os móveis e objetos foram construídos em tamanho muito maior do que o normal para que os integrantes da banda parecessem anões.

Botões